quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

* Ano novo *


E em 2o11.. OUSE!.

sábado, 18 de dezembro de 2010

3 em 1 [8]





Errata


Errar é muito humano
Repetir um erro é a uma forma de testar a primeira, e se perguntar: Será que essa realmente não era uma boa alternativa?
Voltar a cometer o mesmo erro é uma forma de confirmar a segunda: Será que essa alternativa não funciona mesmo?
Cometer o mesmo erro pela quarta vez, isso sim, já é ser trouxa.


Me impedir


Quando eu tenho aquela estranha sensação
e fico enviando mensagens pro meu interior, dizendo: Eu nunca vou ser feliz
Eu tenho a plena certeza de que, apenas uma pessoa no mundo, vai tentar me deixar pra sempre
com esse sentimento..
Eu.


Decido


- E então, vamos?
- Não, eu estou cansado.
- Ah não, vamos?
- Não, eu preciso estudar.
- Ahh, pára com isso, vamos?
- Tá certo, vou me vestir.

Ter força nas decisões, começa exatamente, quando você quer.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Fingir e agir


Eu senti que amadureci, no momento em que deixei de me ofender por qualquer palavra mal direcionada
Sabe como é, né?
Aquela velha história de haver conforto até em sentimentos ruins
Era tão acostumado com a solidão que
achava qualquer motivo pra me afastar de alguém
só por temer qualquer tipo de relacionamento
Depois que eu aprendi a lidar com o outro e como é bom ser venerado
Pronto, a opinião infundada de qualquer ser que se diga "gente", passou a ser tão descartável pra mim, que acabei fixando pra valer meu personagem seguro
Hoje, eu sou muito mais feliz..
.. mentira, mas finjo bem que é uma beleza.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

3 em 1 [7]


Baby, come back


Voltar atrás não é necessariamente ser contraditório
ou volúvel, que seja
Eu sou livre, e as pessoas livres fazem o que querem, quando querem
Parar, continuar, ficar, partir
Sempre voltamos atrás
Sempre queremos mais
Só não podemos ficar pra trás.


Prazo de validade muito curto


Minha empolgação tem prazo de validade
Quando uma nova e emocionante situação aparece
eu aproveito ao máximo
Rio, canto, pulo, grito, me divirto e aproveito
porque quando eu menos espero, passa
às vezes, eu nem percebo
e já estou lembrando do acontecido recente
de forma nostálgica.


Aconteça!


Faça o que lhe der na telha
Brigue
Grite
Quebre
Odeie
Critique
Ignore
Jogue
Beba
Cause
Mas saiba, amanhã, o peso dos seus atos vão lhe pegar.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

A quem interessar possa



Eu não me lembro exatamente a data, nem me lembro sobre o quê, mas lembro do dia que eu comecei a postar fotos e textos na internet
Era no mínimo curioso, as pessoas me reconheciam como: "Ah você é o cara daquele fotolog", e eu comecei a gostar de ser visto, pra quem foi um dia o rejeitado, ser agora um dos mais amados é estranho, mas era legal. Só que, "tudo que é demais na vida, enjoa", partindo desse princípio, eu comecei a não achar mais tão interessante.
É porque volta meia, eu tenho a sensação de que, qualquer pessoa pode saber um pouco sobre mim, então, no que isso ajuda?
Você pode se esforçar o quanto quiser, mas não vai achar uma resposta válida.
O povo quer um pouco de popularidade, de reconhecimento, que seja, vou dar férias pra mim.
Portanto, a fábrica de positividades ta entrando em greve, como isso é muito comum no Brasil, espero que entendam.
Foi bom enquanto durou.
Abraços.

Ps: Eu voltarei.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Pseudopopularidade


'Eu vou surtar'
Essa é a frase que volta e meia passeia pelos meus pensamentos
É que essa veia adolescente não me deixa ser adulto por completo

Em alguns momentos, eu quero popularidade, pessoas ao meu redor, elogios

Em outros, eu quero ficar trancado no quarto, no máximo, lendo alguma coisa ou tocando violão

É infantil, emo, drama?

Foda-se!

Eu não abro mão de me expressar, porque rola um estereótipo na tv
Voltando..
Eu queria não ser visto, às vezes, é claro, mas se você colocar meu nome no google, aparece até a cor da minha cueca

E você que está lendo isso, pensa: "Nossa, nem é famoso ainda, e já está nessa crise"

Se é isso que você pensou, não deveria estar por aqui

Afinal, pra quê ler os pensamentos de uma pessoa que você não conhece?

Vou voltar pra minha cama

senão

'Eu vou surtar'.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Dê férias



O que fazer quando as coisas que você considerava vitais, já não causam tanta euforia?
Reavaliar seus conceitos?
Buscar novas motivações?
Criar?
Ah tudo de novo, não
Vou dar férias a minha mente
do modo mais "legal" possível, é claro.

domingo, 3 de outubro de 2010

Exploda


É tão bom conhecer o princípio de uma reação
Não, não estou falando da Física de Galileu
Estou apenas dizendo que é confortante se entender
Saber de onde veio aquela questão que estava tão implícita

Vai ver que nem estava tão escondida assim

Só precisava mesmo de uma conversa, daquelas bem francas

Ta vendo como falar ajuda?

Eu disse

Mas fale com alguém

Não banque o solilóquio
Afinal, o interessante é ouvir o ponto de vista do outro, sua experiência, conhecimento

Porque eu já fiz a "terapia de falar com objetos", e não funciona tanto quanto falar com um ser vivo
Se você acha que pode resolver tudo por você mesmo, perfeito, te invejo pra ser franco

Mas se não puder - o que é bem mais comum - esqueça seu orgulho e fale

ou

exploda, sozinho.

domingo, 12 de setembro de 2010

Divirta-se, se possível for



De uns dias pra cá
Eu aprendi a não cobrar tanto de mim, e dos outros, uma diversão sempre "intensa"
Pequenas quantidades de diversão já me satisfazem
Eu não preciso ir sempre pra uma cidade paradisíaca pra me sentir bem Ir a praia, tocar e ficar bêbado
Não preciso estar sempre com pessoas inteligentes, antenadas e desencanadas pra dizer que a viagem foi boa
Eu aprendi que nós fazemos a festa
Somos nós os responsáveis pela curtição
Não interessa se o amigo do lado só repara nas futilidades e só fala sobre coisas descatáveis pra maioria dos seres humanos, ainda posso chegar em casa e dizer que a noite foi incrível
Eu sei que eu posso ir pra um lugar parado e achar interessante..
.. mentira, não aprendi nada disso
Mas como o povo fala que nós precisamos ter uma perspectiva positiva sobre as coisas
Então é isso, eu finjo que aprendi, que eles fingem estar bem e fingem acreditar que estou muito empolgado.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Sensações em flash backs*


Às vezes eu acho que eu não vou amadurecer nunca
Porque eu sempre me deixo levar pelas mesmas motivações

Um convite que não foi feito
Uma festa que deixei de ir

Uma pessoa que não me ligou em determinado momento
E o que me deixa mais indignado, é o fato de saber
que eu não aceitaria o convite, mesmo que o fizessem
que não iria a festa de qualquer modo
e não aceitaria sair com a pessoa que disse que ia me ligar

Parece coisa de adolescentezinho que precisa de uma platéia (como eu odeio esses tipos)

Mas eu não sou assim, eu acho

Passar por isso é um saco

Escrever sobre isso é pior ainda

Não sei como vocês ainda lêem.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Raiva de mim


Você já teve raiva de você?
Aquela angústia/culpa de conhecer as motivações sem validade, conhecer os fins, conhecer sua reações no pós, e ainda assim cometer os mesmo erros
Você faz um olhar instrospectivo e pensa: "Não, dessa vez eu vou por outro caminho"
promete se policiar e nada você dá com a cara na mesma situação
Olha, assim como você, eu também já me prometi inúmeras coisas
Admito que algumas eu cumpri, outras eu nem lembro
Porque às vezes me permito agir por impulso e faço o que eu quero
no momento que a idéia me vem a cabeça e sabe o que acontece depois?
Isso mesmo!
Me arrependo, e me dá uma raiva de mim.

sábado, 14 de agosto de 2010

Anti-regras


Queria quebrar as regras
Ir contra todo o manual do "Homem correto contemporâneo"
Fumar nos locais proibidos
Pisar na grama
Colocar os pés nos estofados
Só de pensar eu já tenho flashs* das consequências possíveis
Eu tenho vontade de acabar até com os "bom dias"
as risadas de uma coisa que não achei graça nenhuma
Se eu sou covarde ou muito certo, isso vai variar de pessoa
mas de uma coisa eu to ciente
a partir de agora
Eu vou treinar um pouco mais.

domingo, 1 de agosto de 2010

Medo!



Eu vivo com medo
Medo de sair
Medo de ficar

Medo de perder quem eu amo
Medo de me perder longe dos que eu amo

Medo de esquecer

Medo de lembrar

Medo da popularidade

Medo de ser esquecido amanhã

Medo do dia frio
Medo das noites em claro

Medo de perguntar, de responder perguntas

Medo do tédio

Medo da produtividade excessiva

Medo do desconhecido
Medo dos que eu acho que eu conheço
Medo de ouvir, de dizer
Medo de arriscar
Medo da hesitação

Medo de abandonar tudo, de ser colocado em segundo plano

Eu vou pontuar, mas admito, eu tenho medo até de colocar nesse texto um ponto final.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Isolamento


Todo mundo tem aquela fase de olhar pro lado e pensar: "Eu não aguento ouvir isso"
Relaxe!
Você não acha que todos os lugares que você chega, só existem os que te querem por perto, né não?
Você pode mudar sua rotina
Ao invés de ir no lugar que "eles" vão
Você vai pra um onde nunca foi

Por outro lado você vai estar só, que chato isso
Já pensou em se dirfarçar?
Imagina só, você sem precisar se desviar dos outros, mas isso seria outra pessoa, não você Você pode se isolar também, o máximo que você tem a perder, é a companhia de gente chata igual a mim.. digo.. a você.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Não desista


Acordar de um sonho é ser covarde, ou saber dizer a si mesmo "eu não nasci pra isso"?
O povo complica demais
Um devaneiozinho aqui..
Um desistência ali..
Saber perder é ser forte
Agora é o seguinte
Desistir de um sonho
e ficar pra sempre com o "poxa, isso era o que eu deveria ser, mas não deu certo, não quero mais nada da vida"
Isso é ser fracassado (e olhe que eu usei um eufemismo)
Então que fique claro
Se você desistir do sonho da sua vida, não se sinta um ex-Menudo
Siga com outros projeto que você imagina que serão bem sucedidos
Ta vendo como é simples?!
Mentira não é.. mas eu estou fazendo o que os livros de auto-ajuda fazem
Estou escrevendo o que você queria ler
e na verdade você já sabia tudo que eu escrevi
só precisava ter uma motivação maior
Espero ter conseguido
Mais tarde posto mais coisas pra fazer você acreditar que o mundo lhe dará sempre uma chance.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Dia do Rock 3 em 1 [7]


Parte 1


É bem nostálgico
Primeiro porque lembramos de quando "tudo começou"
Nossa fase de roqueiro undeground
"Foda-se tudo que não se chama rock e não tem distorção"
Depois a fase clean*
"Ouço várias coisas com qualidade"
Depois a limpeza no visual, sem spikes e só preto todos os dias
"Eu me visto como eu quero, dependendo do meu humor no dia"


Parte 2


Acho muito nostálgico esse dia
Primeiras bandas que eu ouvi, o que se passava na época que eu ouvi
Ouvindo aqui minha playlist* eu percebo mudanças tão bruscas
tanto de som, que vai de Dream Theater/The Killers/Sheryl Crow
tanto na mudança de comportamento e núcleos de amizades
desde quando tudo começou


Parte 3


E essas músicas que fazem você parar pra pensar
e a vontade que dá de falar pra todo mundo que curte músicas imbecis
que você gosta de algo de qualidade
e que essa deveria ser a música do país
pensando bem..
Não, que continuem assim
além de sobrar pra mim
eu não aguentaria ver bandas como SoundGarden/Alanis/Aliceinchains
sendo banalizadas.



Ps: ah In - Feliz dia do rock.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Estar on é estar acompanhado tecnicamente


Do jeito que o mundo ta ficando cada vez mais on line
ao invés de determinar um tempo que você deve ficar em frente ao computador
Você deverá reservar um momento do dia
para não ficar ligado
Quanto mais tempo on, mais tempo sozinho
já parou pra pensar?
E como as pessoas se sentem tão bem expondo detalhes de sua vida
e normalmente não são nem reais
e estes ainda estalam os dedos pra digitar frases com o nome "fake", referindo-se a outras pessoas
Esse mundo de fios e linhas de conexão é falso e repetitivo
assim como os textos que falam dele.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

3 em 1 [6]


"Me aproveite"


Eu sempre me questionei sobre minha utilidade nos locais
que eu frequento
Todos temos uma
"Ele é o cara e toca e canta"
"Vamos chama-lo, ele é divertido"
"Ah convida ele, eu gosto das tiradas que ele faz"
"Sempre sabe o que dizer e quando dizer"
"Esse cara tem comentários ácidos, chama ele pra completar o time da resenha"
Eu gosto das minhas utilidades, gosto da forma como diferentes grupos me vêem
E sabe o que o mais acho extraordinário?
Eles "me aproveitam" de diversas formas, e é recíproco
Nenhuma relação é feita sem interesses
Eles me vêem de vários ângulos
mas nunca me vêem como eu realmente sou.



Começa aqui uma positividade?

Eu me arrependo
de não ter aproveitado mais aquela relação
de não ter gritado
ofendido
ou de ter feito tudo isso
Eu nunca fico completamente tranquilo
Porém, eu estou trabalhando pra mudar
coisas que eu achava fielmente estarem impressas em mim.



De volta à escola

Queria uma borracha que apagasse meus erros
Uma caneta pra reescrever tudo de novo
e um corretivo pra borrar tudo e voltar a escrever tudo de novo.

domingo, 4 de julho de 2010

Auto-sabotagem (parte 3)


Ter isso seria interessante
Vou me empenhar e conseguir
Eu quero
To lutando
Quase lá
Ta difícil
Eu posso, eu sei
Consegui
Não quero mais
Só queria saber se eu sou capaz.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Enjoável


Eu percebi que eu não sou uma pessoa
que os outros só podem encontrar de vez em quando
Se eu disser aqui, que eu me considero chato e desinteressante, eu vou estar mentindo
mas eu me considero meio "enjoável"
Como vocês perceberam nos posts anteriores, eu não consigo definir uma personalidade pra mim
e eu acho que esse é o problema pra algumas pessoas
Essa volubilidade
Um dia, super alto astral
Outro dia, quieto ali no canto
Tem gente que entende
e esses são os meus iguais
Sintetizando
Pra me querer
é preciso - um pouco - me esquecer.

domingo, 27 de junho de 2010

3 em 1 [5]


Hoje eu quero ser eu mesmo


Já fui vilão
Mas os vilões são solitários demais
Já fui mocinho
Mas os mocinhos são muito entediantes
Já fui inteligente
Mas os intelectuais são muito perfeccionistas
Já fui ignorante
Mas os ignorantes não pensam em nada
Já fui egoísta
Mas os egoístas só idolatram coisas que os refletem
Já fui introspectivo
Mas os introspectivos são muito chatos
Já fui chato
Mas os chatos não são nem in* nem out*
Já fui vários
Hoje eu sou eu.


Mister Simpatia


Às vezes eu sinto uma cobrança muito grande
em relação ao meu modo de lidar com as pessoas
Eu sinto como se sempre fosse preciso um tratamento com sorrisos
e cumprimentos calorosos da minha parte
E no dia que nós acordamos querendo que tudo se dane?
O que fazer?
Calor com falsidade
ou
Frieza com sinceridade?



Apague a luz


Seja doido pelo menos uma vez
Faça o oposto do que normalmente você faria
É "fácil" teoricamente, claro
É só pensar: O que eu não faria agora?
Se você acha que escrever alivia a raiva e a tensão
Dessa vez quebre copos
Se você acha que "a vingança é um prato que se come frio"
Dessa vez coma esse prato quente e suando
Se seu lema é deixar o mal se destruir por si só
Dessa vez destrua-o
Se você acha que "o castigo vem a cavalo"
Pague um táxi pra ele dessa vez
Se o silêncio é sua arma contra os idiotas
Dessa vez grite
ou apague a luz
Seu corpo agradece.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Mude na moda


Tem gente que acha que pra mudar as frequências dos seus pensamentos
é só ler um livro do Augusto Cury
ou Minutos de sabedoria
assistir aqueles filmes onde os finais são tão previsíveis quanto chatos.
Só por sentir tédio aos Domingos nublados, depois da explosão do Radiohead, ou da segunda versão em filme de Titanic
as pessoas acham que são depressivas
Então elas mudam, porque outra moda chegou
e acham que aderir aquele novo modo de vida é mudar, é ser feliz
Estão apenas seguindo novas tendências, e vai ser assim depois de alguns meses, começa tudo de novo
e eles na ilusão do: "Prefiro ser essa metamorfose ambulante"
Acho que estão mais pra "Metamorfezes".

domingo, 13 de junho de 2010

Não apele


Eu acredito que ser aceito - ou bem-vindo
Seja o desejo de todos os seres do planeta Terra
Até os mais detestáveis adoram ser detestados
e isso já uma forma de ser aceito
dentro dos seus padrões, é claro
O fato, é que pode não ser a entrada pro mundo feliz, por muitos almejado
mas diga se não é agradável ser requisitado por aquela criatura..
ou ser elogiado numa coisa que você vem trabalhando a anos..
ou vestir uma roupa que você achou que lhe caiu muito bem e seus amigos repararem isso..
Enquanto "o outro é o nosso inferno", já citando Sartre
o outro também pode ser a saída do nosso "inferno"
A fórmula é não ser dependente como aqueles parasitas que grudam em certos peixes
Saiba ser amado, ser solicitado, desejado
Ame, peça, deseje
Mas não fique enchendo o saco demais
Melodramas só caem mal, e ainda lembram as músicas do Reginaldo Rossi.

sábado, 12 de junho de 2010

Deu cara


Uma viagem pra Salvador, pelo curso de Estética
com vários colegas de Comunicação e Filosofia
Que bom!
Ir pra capital com pessoas legais, risos garantidos e lugares movimentados pra frequentar a noite
muito interessante
Principalmente por não serem frequentes viagens como essas no curso de Filosofia (não que eu saiba..mas isso é assunto pra outro post)
Eu completamente empolgado
de repente, começo a pensar nos contras
Desconforto, tédio..
Desisti
- Outras pessoas queriam ir, mas eu já estava inscrito, ou seja, a vaga era minha, faço com ela o que eu quiser -
Será que a razão de ficar, no fundo, era minha incontrolável imaginação, aliada com minha incansável esperança, trabalhando fortemente unidas pra me fazerem acreditar que ficando aqui, eu aproveitaria com uma pessoa em especial e o fim de semana seria muito mais interessante?
ou meu costume com a rotina e uma sensação desconfortável de previsões drásticas?
Acabei indo pro cinema, com um ami.. não.. um parcei.. não.. um conhecido.. ah sei la, com uma pessoa que eu conheço a pouco tempo, e acabou mostrando que de parceria só deve entender a do pão francês e café.
Acabou o filme
Ele sentou com uma turma, eu com outra e a palavra educação evaporou do vocabulário dele (isso, dou muito valor a esse tipo de coisa, ou o Tiro de guerra me fez aprender, o Sargento dizia: "Quem sai junto, volta junto")
Vi um ótimo filme "Fúria de titãs", voltei pra casa com sensação de vazio e pensando: ah! eu curti a noite passada, não é preciso que hoje seja necessariamente igual.
Auto-consolos a parte, e voltando pra viagem..
Decidi na sorte
Peguei uma moeda de um real, joguei pra cima, cara eu não vou, coroa eu vou
Deu cara.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Síndrome de Peter Pan


A idade vai chegando
e você não vê outro caminho que não seja a maturidade
E olhe que eu nem estou falando daqueles lances de tirar fotos de você mesmo
ou falar besteiras
É responsabilidade mesmo.
Será que eu peguei síndrome de Peter Pan?
Preocupações com o futuro
Leves taquicardias
E agora?
Respirar fundo e encarar, ou apelar pra tranquilidade com bula?
Independente da resposta
Alanis ta certa
"It's a bitch to grow up".

domingo, 6 de junho de 2010

Onde sou? Quem estou?


Sei muito sobre diversos assuntos, mas só expresso quando tenho certeza da veracidade das minhas palavras
Sou inseguro?
Amo muitas pessoas, e faço o possível pra tratar a todos da mesma forma, mas às vezes, não consigo segurar uma crítica, se vejo algo que me ofende
Sou hipócrita?
Estou sempre falando coisas engraçadas e me sinto muito bem, mas volta e meia, eu me tranco no meu mundo e não importa quem bata na porta, não me importo
Sou bi-polar?
Agora eu quero muito, logo em seguida nem quero chegar perto
Sou volúvel?
Escrevi, escrevi, e não escrevi nada..
Onde sou?
Quem estou?
Pronto
Resolvido o problema
Sou prolixo.

◇ É passado, mas não esquecido