domingo, 2 de novembro de 2008

O vilão e o mocinho

Num sei se você já fez isso
mas já imaginou o quanto você ganha por ter um tipo de personalidade?
Ser o vilão é demais. Pode falar o que quiser, fingir ser o que não é, é geralmente o centro das atenções, mas o final é sempre trágico.
Ser o mocinho é legal também, mas sofre muito é infantil e só se bem no fim da novela (último capítulo).
E ai?
Vai continuar dando uma de bonzinho pra arrancar elogios (que nem sempre são verdadeiros)? e ser bem visto?
Ou vai falar tudo no seu exato momento, ser bonito no meio, ser desmascarado e ter um final infeliz?
Vou dar uma dica
Ache o intermédio entre um personagem e outro
mas nunca
sob nenhuma condição
(seja aquele que finge que fala, aparece pouco e não tem seu nome nos créditos)
o figurante.

3 comentários:

ॐ Semente do Sol ॐ disse...

Uaaah, adorei... mas nunca, nunca mesmo seja o figurante.... auauuauauaaah! Gostei da autenticidade!!!
E ai??? vem pra ios beber????

;)

Carol e Carolina disse...

vc já sabe q eu sou a mocinha de todas as histórias...Olhando sob meu ponto de vista, claro.
Beijos e adorei o blog.
Te amo.
Saudades

Erika disse...

Eu gostei disso.

◇ É passado, mas não esquecido