domingo, 2 de maio de 2010

Pelo mundo..amando


Pra mim o amor é lindo (já começo com um clichê)
mas é
faz você se sentir alto no seu mais puro nível de sobriedade
Você acorda sorrindo, vê beleza em coisas bobas
E quando ouve aquela música.. daquela situação?
Flutua sem tirar os pés do chão
Perfumes, roupas e a beleza que você nunca viu, aparecem em você
Ahh o amooor..correspondido
Porque quando não é..ihh
Se prepare
O céu fica logo cinza
Você pode ser o popular da cidade
mas se a pessoa que você ama não tornar mútuo o sentimento
você se sente muito rejeitado
Inteligência, beleza e seu tom superior
são substituídos impiedosamente por
melancolia, tédio e sensação de repetição
Por isso que no momento que eu admito que tô gostando de alguém eu me sinto meio burro
como pode ser deixado de lado coisas tão importantes e virtudes indispensáveis
por um só sentimento?
Colocamos nossa auto-estima nas mãos de outra pessoa e deixamos ela manejar do jeito que quiser
E o pior é quando nós estamos na posição do amado, não o apaixonado
O que devemos fazer?
Se eu tivesse essa resposta
nem estaria aqui postando esse texto
Estaria pelo mundo
amando.

2 comentários:

Poderosa says disse...

Na verdade, nós não só nos sentimos como ficamos, realmente, burros. Mas eu prefiro ser burra a não estar apaixonada...amar é, definitivamente, uma dádiva e eu ainda tive medo disso um dia...acho que eu já era burra antes...

Iana Carolina disse...

Não precisava postar sobre isso, baby. Ficou ótimo o texto, mas agora você já sabe que eu também te amo. Desnecessário expor nossa vida pessoal assim.

rss

Certíssimo, certíssimo. O amor é lindo, mas é coisa de babaca mesmo. Só para os fracos isso. Un-lá ele.

Perfeito o texto.
=***

◇ É passado, mas não esquecido