quarta-feira, 14 de abril de 2010

O perfeito


É muito complicado quando você se torna o bom exemplo
Aquele que ta sempre sorrindo, simpático, o melhor da turma
o mais confiável, esforçado..
Acaba que você se coloca (contra sua vontade) num pedestal onde um erro da sua parte
vai ser visto como o apocalipse
Se você está começando a posicionar sua postura desse modo
é bom você errar logo
se permitir ser normal
Porque de ser humano/santo
já tivemos o papa João Paulo e a Madre Teresa.

Um comentário:

Juliana Mendes disse...

minha definição de perfeito é totalmente ao contrário da sua..
eu ggosto do bandidinho, do futil que gosta de modinha mas nem por isso vive cheio de marcas, só no tênis que eh oficial, msm assim nem em todos...
tem seus dias de dupla personalidade..
tem seus dias de bendito, ele é amado, ele é querido, ele é viciado, eu adoro o jeito dele de paz..
eu adoro o jeito dele tão meu!
n somos totalmente iguais, mas há algo que nos uni, eu já descobri, só falta ele!
(:

◇ É passado, mas não esquecido